Comments System

ÚLTIMAS

Público no Beira-Rio no jogo da Seleção é o pior dos últimos 18 anos no Brasil




Brasil goleou Honduras (Foto:Ricardo Duarte)
Por Rodrigo Rodrigues
@rodrigorodriguesrrv


A vitória do Brasil por 7 a 0 no Beira-Rio sobre Honduras no domingo (9) teve muitos gols. No entanto, a mesma afirmação não pode ser dita quando o assunto é público. Há quase 20 anos que um estádio no Brasil não tinha números tão baixos nas arquibancadas.


No Beira-Rio, 16.521 testemunhas visualizaram a goleada sobre a equipe da América Central. Desde 2001 que não havia um público tão baixo, quando 14.746 almas estiveram na Arena da Baixada. E há um fator curioso nessa história. O baixo apelo em Curitiba se deu por uma eliminação em uma Copa América pelo mesmo adversário de domingo, Honduras.


A frustração de um público tão baixo em Porto Alegre foi sentida também pelo técnico da Seleção, Tite. "A expectativa era de um público maior, eu fiquei feliz, os atletas contribuíram muito para um ato de solidariedade, eu esperava mais por hoje", lamentou.

SAIBA: Inter terá conversa olho no olho com Nico López

A pouca demanda de público se explica por algumas razões. A pouca qualidade do adversário, uma vez que a Honduras não gera qualquer desafio técnico ao Brasil. O corte do principal nome da equipe, Neymar, também espantou o público gaúcho. Outra explicação é o valor das entradas. O preço mais baixo do ingresso custava R$ 80 e tinha bilhetes de até R$ 450.


Melhores momentos de Brasil 7 x 0 Honduras:



OLÁ, COLORADO. CRIAMOS O NOSSO CANAL NO YOUTUBE, EM BREVE CONTEÚDO EXCLUSIVO DIRETO DO ESTÁDIO E CT. INSCREVA-SE 


RECOMENDADO

Nenhum comentário