Comments System

Conheça a história do gurizinho da fita na camisa que comoveu o Inter e Banrisul

Murilo foi no jogo contra o River Plate (Reprodução / Twitter)


A pureza do menino Murilo Marchiori comoveu o Twitter. O pai do guri de seis anos de idade, Rossano Marchiori, postou no Twitter em 5 de maio, uma foto do seu filho com uma camisa do Inter não oficial cheia de fita atrás. O menino colocou as duas sílabas do próprio nome, o número 9 e escreveu também caixa. Aí a legenda do tuite é assim:

"Pai, me consegue fita branca, vou colocar meu nome na camisa do inter". 10 minutos depois: Murilo, da onde esse CAIXA?? "Banrisul não iria caber"

O tuíte viralizou. Para se ter uma ideia, Rossano tem cerca de 150 seguidores. A postagem, às 10h desta sexta-feira (10), tinham 6,1 mil curtidas e 891 retuítes. A repercussão foi tamanha que chegou ao conhecimento do Banrisul e, claro, do Internacional.






A família Marchiori é de Caxias do Sul. O coloradinho está na primeira série e ama o Internacional. Nestes seis anos de vida, Murilo não pôde ver grandes conquistas do Clube do Povo. Mesmo assim, o amor pelo Inter se mantém

"Ano retrasado, na escolinha dele eram 13 crianças, só ele colorado e o resto gremistas e torcedores da dupla Ca-Ju. Ali ele ficava triste, o Grêmio bem e os coleguinhas pegavam no pé dele. Mas sempre ficou firme. Esse ano no Gauchão, me disse: 'pai, queria ter visto o Dourado levantando a taça'. Precisamos de um caneco urgente hehe", relatou Rossano, que trabalha na área comercial de uma empresa de segurança patrimonial.

O que chamou a atenção dos internautas foi a troca de Banrisul por caixa. Porém, na ação do menino, está oculto um amor: a camisa 9. O guri ama Fernandão, é fã de Leandro Damião e agora tem admiração pelo centroavante Paolo Guerrero, herdeiro da camisa do eterno capitão.

Pai e filho colorados irão assistir a Inter x CSA, no dia 19 de maio, um domingo. O guri ganhará uma camisa nova do Colorado, em ação conjunta do Inter com o banco estatal gaúcho. A história do pequeno Murilo ilustra o verdadeiro amor pelo futebol. Ele sofre corneta dos amigos, nunca viu o Inter ganhar um título, mas mesmo assim a paixão pelo maior clube do Sul do Brasil segue intacto. Aliás, cresce a cada dia. Ter o Inter no coração é mais do que gostar de um clube de futebol. É como diz a música Academia do Povo, "Se chama Inter essa loucura, é um sentimento, para mim uma religião, salve Bodinho, Dom Elias e também Falcão."


FALA, COLORADO. CRIAMOS O NOSSO CANAL NO YOUTUBE, EM BREVE CONTEÚDO EXCLUSIVO DIRETO DO ESTÁDIO E CT. INSCREVA-SE



SIGA O PORTAL RESISTÊNCIA COLORADA NO INSTAGRAM E FIQUE POR DENTRO DAS NOTÍCIAS DO COLORADO. CLIQUE EM “FOLLOW” E VAMO INTER!

ATENÇÃO:

  • Quer ficar informado sobre o Colorado 24h por dia? Entre no grupo do Resistência Colorada e tenha as informações na palma de sua mão.

    Clique aqui e entre com seu WhatsApp.

    O grupo não é aberto para debates.

Nenhum comentário