Comments System

Os vencimentos de Coudet no Inter e Tiago Nunes no Corinthians


Coudet (esq) deve assumir o Inter em 2020 (Montagem sobre fotos de divulgação)
Coudet (esq) deve assumir o Inter em 2020
(Montagem sobre fotos de divulgação)
Por Rodrigo Rodrigues — Porto Alegre
Instagram: @rodrigorodriguesrrv

O mercado de técnicos é pulsante no futebol brasileiro. O Inter, por exemplo, iniciou 2019 com Odair Hellmann, teve Ricardo Colbachini como interino, anunciou Zé Ricardo até dezembro, e tem alinhavado acordo com Eduardo Coudet, do Racing. Além do argentino, o Colorado sondou outros nomes. Tiago Nunes é um exemplo.

O técnico campeão da Copa do Brasil afirmou que treinaria o Internacional, mas assumiria somente em dezembro. O inter, ainda na busca de um nome que assumisse e ficasse até o final de 2020, preferiu procurar outras opções. Aí que chegou em Eduardo Coudet. E só o salário do argentino é quase o mesmo valor do que receberá toda a comissão de Tiago Nunes, agora no Corinthians.

Segundo o jornalista Alexandre Ernst, Coudet fechou com o Inter por um salário de R$ 700 mil mensais. De acordo com apuração do jornal Folha de S. Paulo, Tiago Nunes e mais os cinco membros de sua comissão receberão no total R$ 820 mil por mês.

O jogo que pode selar a trajetória do técnico Eduardo Coudet no Racing já tem data definida. Trata-se do Troféu dos Campeões, que colocará frente a frente vencedor da Superliga, o Racing de Coudet, e o campeão da Copa da Superliga, o Tigre. O embate acontecerá em 14 de dezembro, no Estádio José Maria Minella, na cidade de Mar del Plata.

Esta partida fecha o ano na temporada Argentina. O ano, não a temporada, uma vez que o país vizinho segue o calendário europeu, com jogos de julho a março. A tendência é que, após disputar este troféu de jogo único, Coudet se apresente como técnico do Internacional.



ATENÇÃO:

  • Quer ficar informado sobre o Colorado 24h por dia? Entre no grupo do Resistência Colorada e tenha as informações na palma de sua mão.

    Clique aqui e entre com seu WhatsApp.

    O grupo não é aberto para debates.

Nenhum comentário