Comments System

A decisão final que o Vasco tomou com Cláudio Winck


Inter ainda detém 50% dos direitos do atleta (Foto: Divulgação / Vasco)
Inter ainda detém 50% dos direitos do atleta
(Foto: Divulgação / Vasco)
O lateral-direito Cláudio Winck chegou no Vasco em dezembro de 2018, para suprir uma carência no setor. No entanto, a temporada de 2019 foi um retumbante fracasso e o clube carioca tomou uma decisão final sobre o futuro do jogador.

Cláudio Winck foi comunicado pelo Vasco que não faz parte dos planos do clube para a temporada de 2020 e foi avisado para procurar outra agremiação. O jogador ex-Internacional até iniciou a pré-temporada com o elenco, mas quando iniciassem os trabalhos com bola, treinaria em horários alternativos.

A decisão foi tomada de forma institucional e sequer passou pela comissão técnica, comandada pelo campeão mundial Abel Braga. A presença de Abelão, aliás, servia para o jogador como esperança para um renascimento, uma vez que a dupla tem bom relacionamento.

O ano de 2019 foi decepcionante para o jogador e clube. Afastado por Vanderlei Luxemburgo, o lateral de 1,84m participou de apenas seis partidas e a última delas apenas em 4 de maio, no empate em 1 a 1 com o Corinthians, na terceira rodada do Brasileirão.

Winck tem contrato com o clube da colina até o final da atual temporada. O Inter ainda detém 50% dos direitos econômicos do atleta, enquanto que a outra parte pertence ao Vasco.


ATENÇÃO:

  • Quer ficar informado sobre o Colorado 24h por dia? Entre no grupo do Resistência Colorada e tenha as informações na palma de sua mão.

    Clique aqui e entre com seu WhatsApp.

    O grupo não é aberto para debates.

Nenhum comentário