Comments System

Inter chamará líderes do grupo para propor redução salarial


Atividades estão todas paralisadas (Foto: Ricardo Duarte / Inter)
Atividades estão todas paralisadas
(Foto: Ricardo Duarte / Inter)
Com a pandemia do coronavírus paralisando as competições oficiais e as receitas portanto inexistentes, os clubes do Brasil buscam alternativas para pagar as contas. E o Internacional discutirá com os jogadores sobre o tema até sexta-feira (27).

O Inter deverá fazer proposta aos jogadores de antecipar 20 dias de férias para abril, além de uma redução nos salários. Este segundo tema é o mais polêmico. A direção chamará os líderes do elenco para tratar da pauta. Não há definição dos nomes, mas D'Alessandro, Lomba e Cuesta deverão estar presentes.

Na segunda-feira (23), cerca de 40 clubes discutiram com a CBF via videoconferência sobre mudanças nos salários dos jogadores. A proposta foi de redução de 25% enquanto a bola não rola. Contudo, cada clube procederá de forma individual.

"Cada clube terá que fazer um grande acordo com o seu grupo de jogadores. Não há como impor nada goela abaixo. Nós vamos dialogar com os nossos atletas. Até amanhã de manhã, teremos desenhado o nosso cenário de perdas (financeiras)"
explicou à GaúchaZH o vice-presidente do Inter, Alexandre Chaves Barcellos.

"Em dois ou três dias, o Alessandro (Barcellos, vice de futebol) e o Rodrigo (Caetano, diretor-executivo de futebol) vão conversar com os líderes do grupo. É possível que eu participe também", concluiu. 

VEJA TAMBÉM

Mais um colorado com coronavírus

O clube da Série A com mais estrangeiros no elenco

O maior jogador da história do Inter na opinião de jornalistas

Ex-Inter cita comemoração de Maurides: "Coisa de louco"

Campaz responde torcedor que o chamou para o Inter: "Sim"

Com coronavírus, presidente do Inter diz como se sente

A marca na década que Danilo Fernandes tem e só Renan é superior

10 filmes sobre o Inter para assistir na quarentena

ATENÇÃO:

  • Quer ficar informado sobre o Colorado 24h por dia? Entre no grupo do Resistência Colorada e tenha as informações na palma de sua mão.

    Clique aqui e entre com seu WhatsApp.

    O grupo não é aberto para debates.

Nenhum comentário