Comments System

A última vez que Inter e Grêmio tiveram patrocínio master diferente


Galhardo domina a bola sob olhar de Matheus Henrique (Foto: Ricardo Duarte / Inter)
Galhardo domina a bola sob olhar de Matheus Henrique
(Foto: Ricardo Duarte / Inter)
Grêmio e Internacional com o mesmo patrocinador principal na camisa virou tradição, muito por conta da empresa evitar rejeição de metade do Estado. No entanto, nem sempre foi assim.

Em 1987, a Coca-Cola assinou com o Grêmio e com outros diversos clubes. 
Um fato curioso dessa situação é que o logotipo da empresa é vermelho e branco. Depois de assinar, o Grêmio avisou que o estatuto barra a cor vermelha nos uniformes. A Coca então anunciou nas cores preta e branca. O Inter, parceiro da Aplub (previdência privada), foi anunciar a marca de bebidas dois anos depois, em 1989. 

A empresa norte-americana debandou dos clubes em 1994. O Grêmio então anunciou a fabricante de tintas Renner e o Inter voltou com a parceria da Aplub, ambos até 1997. Esta foi a última vez que a dupla Gre-Nal teve patrocínio master distintos.

Em 1998, azuis e vermelhos assinaram com a fábrica de carros GM. A dupla anunciava os modelos da Chevrolet até 2000. No ano seguinte, Grêmio e Inter firmaram parceria com o banco estatal do Rio Grande do Sul, Banrisul.

Camisas de 1997, a última vez de patrocínios distintos (Montagem sobre fotos de reprodução)
Camisas de 1997, a última vez de patrocínios distintos
(Montagem sobre fotos de reprodução)

ATENÇÃO:

  • Quer ficar informado sobre o Colorado 24h por dia? Entre no grupo do Resistência Colorada e tenha as informações na palma de sua mão.

    Clique aqui e entre com seu WhatsApp.

    O grupo não é aberto para debates.

Nenhum comentário